Pico 31 de Março

Pico 31 de Março


Tipo: Montanha / Morro / Rocha

Região: Parque Nacional do Pico da Neblina

Localização: Santa Isabel do Rio Negro, AM, Brasil, América do Sul

Lat/Lon:  0° 48' 0" N / 66° 0' 30" W

Atividades: Caminhadas

Época do Ano: Verão, Primavera, Outono e Inverno

Altitude: 2.972,66 m



Descrição



O Pico 31 de Março é o segundo ponto mais alto do Brasil, com 2.972,66 metros de altitude, localizando-se na Serra do Imeri, na fronteira com a Venezuela. No lado brasileiro, pertence ao município de Santa Isabel do Rio Negro, Amazonas, mas a cidade mais próxima é São Gabriel da Cachoeira, a cerca de 140 km em linha reta. O pico está localizado dentro do Parque Nacional do Pico da Neblina que se sobrepõe as terras demarcadas para os índios Yanomâmis, portanto, o acesso à área é restrito e depende de autorização do ICMBio e também da Associação Yanomami do Rio Cauaburís e Afluentes (AYRCA) para se evitar maiores problemas.


Pico da Neblina


O Pico 31 de Março está separado apenas por uma fina crista de 687 metros de distância do Pico da Neblina, ponto mais alto do território brasileiro apenas 21 metros mais alto, de cujo maciço faz parte e do qual pode ser considerado um cume secundário. Ao contrário da forma piramidal e pontiaguda de seu vizinho mais alto, o 31 de Março tem uma forma mais suave e arredondada e é coberto por uma densa vegetação rasteira e proporciona aos aventureiros uma visão igualmente bela. De tão juntos pode ser difícil de distinguir o dois picos em fotografias, dependendo do ângulo e da distância.


Visual da Trilha para o Neblina e 31 de Março


Geralmente, os montanhistas usam o Pico 31 de Março para atingir o cume do Pico da Neblina, mas o Pico 31 de Março possui sua própria beleza. A trilha até o cume também é longa e desgastante, entre bromélias e samambaias, mas também é emocionante. O Pico 31 de Março é o ponto mais alto da Venezuela fora dos Andes, mas apesar disto, os venezuelanos raramente o mencionam, pois consideram-no parte do Pico da Neblina.


Pico 31 de Março visto do Pico da Neblina


O pico foi descoberto apenas em 1964, durante a primeira tentativa de se atingir o cume do Pico da Neblina por uma expedição militar brasileira. Mas o topo do Pico 31 de Março só foi alcançado no ano seguinte, por outra expedição militar que também tentava chegar ao ponto mais alto do Pico da Neblina.

O Golpe Militar de 1964 designa o conjunto de eventos ocorridos em 31 de março de 1964 no Brasil, e que culminaram no dia 1 de abril de 1964 em um golpe de estado. Este golpe encerrou o governo do presidente João Belchior Marques Goulart, também conhecido como Jango, dando início aos anos negros da ditadura militar no Brasil. O segundo cume mais alto do Brasil foi conquistado no mesmo ano por uma expedição militar, que, provavelmente batizou o pico assim para homenagear o feito.

Em 1965 o topógrafo José Ambrósio de Miranda Pombo mediu a altitude do Pico da Neblina como sendo de 3.014 metros e a do vizinho pico 31 de Março em 2.992 metros. Em 2005 a altitude do 31 de Março foi atualizada pelo Projeto Pontos Culminantes do Brasil, projeto que nasceu de um acordo de parceria científica entre o IBGE e o Instituto Militar de Engenharia (IME). Foram tiradas novas medidas após 36 horas de medição usando um aparelho de GPS o que determinou que o pico era 19 metros mais baixo do que se pensava.

   Altitude: 2.972,66 m.
   Administração: ICMBio.
   Carta Topográfica:
   Atração: Paisagem, montanhas, formações rochosas, flora e fauna.


A Trilha



Se você quiser conhecer todos os detalhes da trilha para Pico 31 de Março leia o artigo Pico da Neblina.


Localização



Serra do Imeri, Planalto das Guianas.


Flora



Plantas de grande porte e vegetação mais fechada (floresta equatorial) só são comuns até os 1000 m de altitude; dos 1000 m até aos 1700 m há arvores de médio e pequeno porte, onde a vegetação é mais aberta, e a partir dos 1800 m só há vegetação rasteira na forma de líquens e bromélias (vegetação de altitude). O Parque é considerado desde a visita dos primeiros botanistas um dos lugares de maior biodiversidade e endemismo do planeta, embora faltem estudos que o comprovem.


Fauna



O Parque abriga uma das faunas mais ricas do país, mas com diversas espécies ameaçadas de extinção. Embora ainda abundante na área, o primata uacari-preto (Cacajao melanocephalus), por exemplo, tem sofrido em outras regiões a redução de suas áreas nativas, o mesmo acontecendo com o galo-da-campina (Rupicola rupicola), pequena ave alaranjada que habita as áreas cobertas por florestas.

Outras espécies preservadas são o cachorro-do-mato (Speothos venaticus), onça pintada (Panthera onca), gavião-pega-macaco (Spizaetus tyrannys) e gaviao-de-penacho (Spizaetus ornatus). Podem-se observar ainda a anta (Tapirus terrestris), os zoguezogues (Callibecus spp.), tucano-açu (Ramphastos toco), mutumporanga (Crax alector) e jacamim-de-costas-cinzentas (Psophia-crepitans).


Clima



Em todo o ano, a temperatura nas áreas até os 700 m é de aproximadamente 32°C durante o dia, caindo à noite para cerca de 19°C. Nas áreas entre 750 e 1400 m, as temperaturas médias são de 26°C (dia) e 13°C (noite); entre 1500 e 2500 m, as temperaturas são de 19°C ao dia e 5°C à noite. Acima de 2500 m, caem para 15°C ao dia e 1°C a noite.


Mapa Dinâmico






Acampamento



Essa expedição é normalmente feita em 13 dias possui diversos acampamento:

   Segundo dia - Primeiro Acampamento: Praia dos Amores ou no Povoado de Nazaré;
   Terceiro dia - Segundo Acampamento: Acampamento da Boca do Tucano;
   Quarto dia - Terceiro Acampamento: Bebedouro Velho;
   Quinto dia - Quarto Acampamento: Bebedouro Novo;
   Sexto dia - Quinto Acampamento: Acampamento Base;
   Sétimo dia - Sexto Acampamento: Acampamento no Cume do Pico da Neblina;
   Oitavo dia - Sétimo Acampamento: Acampamento Base;
   Nono dia - Oitavo Acampamento: Acampamento Bebedouro Novo;
   Décimo dia - Nono Acampamento: Acampamento Boca do Tucano ou na Aldeia Yanomami.


Quando Ir



Pode-se subir o Pico 31 de Março o ano todo, mas os meses menos chuvosos vão de dezembro a abril (Verão).


Fotos



Todas as fotos desse artigo são da fotógrafa Rosangela Loeblein.

Fotos da Expedição ao 31 de Março e ao Pico da Neblina, por Rosangela Loeblein


Download Carta Topográfica




Download Tracklog



Tracklog do Pico da Neblina e do Pico 31 de Março (mapa) - PNPN - AM
Tracklog do Pico da Neblina e do Pico 31 de Março - PNPN - AM


Dicas



   Não esqueça de levar um bom filtro solar, mesmo quando o tempo estiver encoberto.
http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=215&id_pagina=1


Tempo



Previsão do tempo por Mountain Foracast



..: Clube do Aventureiros :..
www.clubedosaventureiros.com


Adote uma Montanha


Quer contribuir com o Guia de Trilhas / Montanhas e Cachoeiras? O Guia está aberto a contribuição de seus leitores. Clique para saber mais detalhes.


Direitos autorais


© 2002 - 2012. Todos direitos reservados ao Clube dos Aventureiros. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, modificado, reescrito ou redistribuído e nem criação de obra derivada.

Os artigos e suas respectivas informações, incluindo logotipos, sinais, desenhos, ilustrações, fotografias, textos, gráficos e outros arquivos incluídos neste site são protegidos pela legislação de propriedade intelectual vigente e pertencem ao Clube dos Aventureiros ou são utilizadas apenas mediante autorização.

Toda cópia sem autorização do titular dos direitos autorais e ou detentor dos direitos de reprodução ou fora das estipulações legais constitui contrafação, um ato ilícito civil e criminal.


Artigos Relacionados:

comentários  

 
0 #4 07-05-2014 10:25
Concordo com voc biaa amigaa , essas pessoa nem tem criatividade para escrever... :P :P :P :P :3
Citar
 
 
0 #3 07-05-2014 10:19
eu achei as fotos muito bonitas mas os comentarios sao muito idiootas..... :-*
Citar
 
 
-1 #2 07-02-2014 14:42
Muito bom pena que não tem tudo o que eu quero !!
Citar
 
 
-2 #1 06-10-2013 13:53
eu ja tentei procura varias vezes a origem do nome pico 31 de março e nunca acho e isso é para um trabalho que se eu fizer eu não fasso a prova ...
Citar
 

Comentar:


Código de segurança
Atualizar

Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 

Login

Login Cadastro

Login para sua conta

Sem conta? Campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.

Por favor, informe um Nome de Usuário válido. Sem espaços, com pelo menos 2 caracteres e contendo apenas letras e números.
Por favor, informe um Senha válido. Sem espaços, com pelo menos 4 caracteres e contendo apenas letras e números.
Senhas não conferem.
Por favor, informe um endereço de e-mail válido.
E-mails não conferem. ?>


Quem está Online

Nós temos 464 visitantes online

Estatísticas

Visualizações : 17904716
English Chinese (Simplified) Dutch French German Italian Japanese Russian Spanish